40 dias de Jejum e Oração - 2014

Entre os dias 20 de outubro a 30 de Novembro, realizaremos a campanha 40 dias de Jejum e Oração. Momento que buscaremos a orientação de Deus, para nossa vida financeira. Não buscando o extremo da prosperidade somente, mas a direção divina para o uso abençoado do dinheiro em nossas vidas.


Muitas pessoas têm passado por desafios financeiros como dívidas, trabalho frustrante ou economias inadequadas. Pesquisas recentes revelaram que mais da metade dos divórcios resulta da pressão financeira no lar. O materialismo sufocante está roubando a vitalidade espiritual das pessoas.

Nessa campanha, estudaremos o livro "O Seu Dinheiro" , onde você aprenderá que a Bíblia tem muito a dizer sobre esse assunto. Há, de fato, mais de 2350 versículos que tratam de tudo que você precisa saber sobre a forma de lidar com o dinheiro. Na verdade, a Bíblia é um projeto para o gerenciamento das finanças.

Esse livro, não somente é prático como também uma fonte na qual você descobrirá o impacto profundo que o gerenciamento do dinheiro tem em seu relacionamento com Deus.

Curta nosso site!

Você não esta sozinho!

“E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro consolador, ?a fim de que esteja para sempre convosco”?Jo 14.16


No curso intensivo de três anos, Jesus ensinou os discípulos com palavras e com exemplos. Falou-lhes aos ouvidos e aos olhos. Deu-lhes demonstração conceitual e prova prática. Os discípulos presenciaram muitos feitos de Cristo. Eles viram Jesus dar vista aos cegos, curar os enfermos, libertar os cativos, alimentar os famintos, consolar os aflitos e ressuscitar os mortos. Eles desfrutavam da presença visível e tangível de Cristo.

Podiam tocá-lo e abraçá-lo. Teve um que até colocou a cabeça no peito do Salvador. Mas, o tempo da partida estava próximo, a separação era inevitável, não tinha outro caminho. Portanto, Cristo iria deixá-los. A despedida nunca foi algo fácil para os seres humanos. O adeus não é assimilado com facilidade. Por isso, os discípulos ficaram cabisbaixos, tristes e desanimados. Contudo, antes da despedida, o Senhor fala-lhes palavras de encorajamento, e, sobretudo, de consolo.

As palavras de Cristo envolvem a participação efetiva de outra pessoa, porque revelam aos discípulos a promessa da vinda do outro consolador. Sua partida dará lugar definitivo à presença permanente da pessoa bendita do Espírito Santo. Se nalgum momento a solidão quiser morar no seu coração, lembre-se das palavras de Cristo. Você não está sozinho.

Referência para leitura: João 14.1-31

LPC

Dia Mundial de Ação de Graças...continuação...... - 28/11/2013

O melhor para nossos filhos